200 anos de Itajubá – Conheça a história do município

No Rating

Publicado por SECOM em: 07/02/2019

 

A história da fundação de Itajubá está ligada à iniciativa de Padre Lourenço da Costa Moreira, pároco da antiga Soledade de Itajubá, de procurar um lugar mais adequado para transferir a sede da freguesia, antes instalada onde hoje fica o município de Delfim Moreira.

Em 19 de março de 1819, Padre Lourenço chegou à colina do Ibitira. Lá, celebrou a primeira missa, fundando assim a nova Itajubá. Não havia arraial no lugar, mas existiam fazendas e algumas terras ocupadas por sitiantes no Vale do Lourenço Velho. No local em que foi celebrada a primeira missa, construiu-se a uma pequena capela, feita de pau-a-pique e coberta de sapé, em redor da qual foram erguidas as paredes de taipa da chamada Capela Nova da Boa Vista do Sapucaí.

Com menos de 30 anos de existência, a nova Itajubá já era um próspero arraial, com ruas alinhadas, boas residências, jardim no Largo dos Passos, a atual Praça Theodomiro Santiago, casas comerciais e população crescente. A Capela Nova cedeu lugar a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Soledade, padroeira da cidade. Em 1957, a igreja passou por nova reforma e recebeu pinturas do artista holandês Henk Asperslagh.

Na imagem, a Capela, onde hoje está a Matriz, e o Theatro Santa Cecília, inaugurado em 1873. O teatro foi também o primeiro cinema da cidade, em 1910, chamado de Cine Recreio Itajubense. Ficava localizado próximo ao local em que está a Câmara Municipal atualmente, onde era a residência do médico Vicente Villela Viana.

Fonte: Itajubá e sua História – Armelim Guimarães e www.soledadeitajuba.com.br

Fonte: Site da Prefeitura Municipal de Itajubá – www.itajuba.mg.gov.br