Combate à Dengue: Saiba como identificar o mosquito Aedes aegypti

No Rating

Publicado por SECOM em: 27/04/2017

 

A Prefeitura de Itajubá continua com o trabalho de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika e Febre Chikungunya e Febre Amarela no município. Estas doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, mosquito que vive dentro de casa, possui hábitos diurnos e alimenta-se de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução do mosquito acontece em água limpa e parada, local ideal para as fêmeas colocarem os ovos.

Os agentes de Endemias da Prefeitura fazem visitas domiciliares, em comércios e empresas, visando a prevenção, para que não haja a proliferação do mosquito, além de trabalharem na conscientização da população. A captura de exemplares de supostos Aedes Aegypti é importante e auxilia no trabalho de combate ao mosquito, porém para que possa ser corretamente analisado e haja um resultado preciso, as amostras devem ser preservadas.

Isso significa que, caso encontre um mosquito e pretenda encaminhá-lo ao setor de Endemias da Prefeitura, deve-se pegar o inseto de maneira que o seu dorso não fique esmagado. Também não se deve colar o mosquito com durex ou qualquer outro tipo de fita adesiva em papel ou papelão. O ideal é que o mesmo seja colocado em um pote de plástico transparente. Na falta, pode-se usar pote de vidro transparente seco e com tampa.

Características do Aedes aegypti

O Aedes aegypti é um mosquito da família Culicidae, geralmente confundido com um pernilongo por seu tamanho (5 a 7 milímetros). É menor se comparado a outras espécies de mosquitos. Possui o corpo predominantemente negro com listras ou manchas brancas (característica do gênero Aedes). Suporta temperaturas entre 5°C e 42°C, sendo que a temperatura ótima do ambiente se mantém em torno de 36°C, podendo ter suas atividades reduzidas à espera de temperaturas favoráveis. Habita principalmente áreas urbanizadas, tendo como local de repouso paredes em ambientes fechados.

Como prevenir?

A melhor forma de prevenir a Dengue e as demais doenças é manter o mosquito bem longe de casa, eliminando os possíveis criadouros. A população também não deve depositar lixo e entulho nas ruas, praças, em terrenos ou nas margens dos rios e ribeirões. Além disso:

– Caixas d’água dever permanecer fechadas e a limpeza deve ser regular;

– Calhas devem ser limpas para que a água não se acumule;

– Pneus devem ser armazenados em locais fechados, cobertos e estarem sempre secos;

– As vasilhas dos animais devem ser lavadas com sabão pois os ovos do mosquito ficam presos no vasilhame;

– Areia deve ser colocada nos pratos das plantas;

– Latas de lixo devem permanecer tampadas;

– Coloque areia sobre os cacos de vidro em cima do muro pois são reservatórios do mosquito;

– A água da piscina deve ser constantemente trocada e as extremidades devem ser limpas com frequência;

– Garrafa vazias devem ser guardadas de cabeça para baixo ou tampadas.

A população pode ajudar a fiscalizar e denunciar os locais em que há acúmulo de lixo, entulho ou mato. Entre em contato com a Prefeitura pelo Fala Cidadão: 0800 035 1788.
Aedes aegypti é um mosquito da família Culicidae, geralmente confundido com um pernilongo por seu tamanho

Fonte: Site da Prefeitura Municipal de Itajubá – www.itajuba.mg.gov.br